Anterior

Reunião na Caixa trata da finalização do processo da barragem do João Gomes de Santana do Ipanema

13/08/2019

Anterior

Próxima

Policiais civis do CISP de Batalha concluem treinamento de uso de armas não letais

14/08/2019

Próxima
13/08/2019 - 19:50
RP prende homem por dirigir embriagado, direção perigosa e corrupção ativa em Santana

Indivíduo de 36 anos ainda é acusado de tráfico de anabolizantes e ameaça
Por: Redação Sertão na Hora
 Foto: Cortesia/Sertão na Hora 

Um homem de 36 anos foi preso pelas guarnições 1 e 2 da Rádiopatrulha (RP) do 7º Batalhão por dirigir sob influência de álcool, direção perigosa, corrupção ativa, tráfico de anabolizantes e ameaça. A ação aconteceu na madrugada desta terça-feira (13), no centro de Santana do Ipanema.

Segundo a PM, as guarnições estavam em patrulhamento quando foi acionada para abordar um indivíduo que estava dirigindo embriagado. Ao chegar ao local, os PMs encontraram o carro Fiat Toro, de cor prata e placa QLE1952, parado. Eles orientaram o indivíduo a não conduzir o veículo. Sendo esnobe, o homem não atendeu a orientação e saiu com o carro em direção perigosa, chegando a bater em um motociclista. O condutor do veículo, Alexandro Silva de Souza, de 36 anos, recebeu voz de prisão.

Ainda segundo a PM, na situação vexatória, quis subornar a guarnição oferecendo dinheiro para ser liberado, praticando corrupção ativa.

Durante revista no veículo, os policiais encontraram R$ 2.199 em espécie, cheques, documentos de veículos, sirigas, agulhas e vários anabolizantes que seriam para revenda, configurando outro delito: tráfico de anabolizantes.

Sandro foi conduzido até o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Canapi, para realização do teste de alcoolemia, o qual resultou em 0,88 mg de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

Após o teste do etilômetro, o homem foi encaminhado até a 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil (2ª DRP), para realização dos procedimentos cabíveis.

Ainda segundo o PM, após ser indagado pelo fato das suas irregularidades, o acusado começou a ameaçar as guarnições quando estivesse solto . Nada mais disse encerrada a ocorrência nos termos administrativos.






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.