Anterior

Correios abrem hoje inscrição para concurso internacional de cartas

10/02/2020

Anterior

Próxima

Operação Rodovida será intensificada no Carnaval

10/02/2020

Próxima
10/02/2020 - 16:43
Aeroporto de Maceió é eleito o melhor do Nordeste
Por: Infraero
 Foto: Arquivo/Semtur 

O Aeroporto Internacional de Maceió/Zumbi dos Palmares (AL) foi eleito, mais uma vez, como o melhor do Nordeste. O dado é da Pesquisa de Satisfação de Passageiros e de Desempenho Aeroportuário, divulgada nesta quinta-feira (6/2), pela Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura.

Numa escala de 1 a 5, onde a meta de qualidade é 4, o terminal recebeu a nota 4,58 – evolução de 2% em relação à sondagem do primeiro trimestre de 2018. Além disso, ficou em terceiro lugar no ranking nacional de aeroportos que movimentam até 5 milhões de viajantes por ano.

Dos 38 indicadores da pesquisa, sendo 37 de processos e um de satisfação geral, o Zumbi dos Palmares apareceu com notas acima da média (4,50) em 21, com destaque para "velocidade na restituição de bagagem", que obteve a melhor pontuação (4,82) entre os 20 aeroportos que compõem a sondagem. Outros quesitos também foram muito bem avaliados pelos passageiros, são eles:

- tempo de fila na inspeção de segurança (4,74);

- cordialidade do funcionário da aduana (4,87);

- tempo de fila na emigração (4,73);

- confiabilidade da inspeção de segurança (4,70);

- facilidade de desembarque no meio fio (4,71);

- integridade da bagagem (4,68);

- limpeza geral (4,64).

Para o superintendente do Zumbi dos Palmares, Adilson Pereira, o resultado reafirma o compromisso da Infraero em oferecer serviços de qualidade. "Evoluímos 7% desde a inserção do terminal na pesquisa, em novembro de 2017: saímos de 4,28 para 4,58", pontuou. "Este resultado é fruto do nosso trabalho incessante para proporcionar conforto, cordialidade e, acima de tudo, uma ótima infraestrutura para os nossos passageiros e usuários", ressaltou.

Rede Infraero

Pela primeira vez, desde que a Pesquisa de Satisfação do Passageiro começou a ser feita, em 2016, os aeroportos da Infraero que integram o levantamento finalizaram o ano com, pelo menos, nota 4,0, nos quatro trimestres pesquisados ao longo de 2019. As notas da avaliação variam numa escala de 1,0 e 5,0, sendo 4,0 a meta mínima do Governo Federal.

Dentre os aeroportos da Infraero pesquisados, estão quatro terminais que foram leiloados em março do ano passado e transferidos, ou em processo de transferência, para operadores privados: Cuiabá (MT), Vitória (ES), Maceió (AL) e Recife (PE). Segundo o presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros, o resultado reflete o compromisso da empresa em realizar a transição para novos gestores com dedicação e profissionalismo, mantendo os melhores níveis na prestação de serviços aos passageiros.

"A pesquisa estimula uma competição saudável entre os aeroportos brasileiros, e tem refletido em melhores notas tanto para terminais da Infraero, como os privados. Em última análise, tem refletido em melhores serviços e infraestrutura para quem passa pelos aeroportos do País – nosso objetivo maior", explicou Paes de Barros.

Outros três aeroportos, que constam na pesquisa, encabeçarão os blocos de concessão que devem ser leiloados até o final do ano: Curitiba, Goiânia e Manaus – com notas 4,75, 4,54 e 4,49, respectivamente. Os outros três terminais da Rede Infraero que constam na rede são Congonhas (4,36), Santos Dumont (4,40) e Belém (4,26). Esses devem ser os cabeças de bloco da última rodada de concessões de aeroportos da União.

Novo operador

A partir da próxima quarta-feira (12/2), a Infraero encerrará a gestão no Aeroporto de Maceió, que passará a ser administrado pela Aena Desarrollo Internacional. Além do terminal alagoano, a empresa espanhola arrematou, em março do ano passado, com o ágio de 1.010% em relação ao lance mínimo inicial de R$ 171 milhões, os aeroportos de Recife (PE), Aracaju (SE), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB) e Juazeiro do Norte. A previsão é que os terminais, que compõem o Bloco Nordeste de Concessões de Aeroportos, recebam, ao longo dos próximos 30 anos, investimento de R$ 2,153 bilhões, sendo que um terço, ou R$ 788 milhões, deverá ser aplicado nos próximos cinco anos.

O aeroporto

O Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares tem capacidade para receber 5,32 milhões de passageiros por ano, e registrou, em 2019, mais de dois milhões de viajantes. Operam no terminal alagoano quatro companhias aéreas – Azul, Gol e Latam – com rotas para Brasília (DF), Confins (MG), Campinas,  Congonhas, Guarulhos e Ribeirão Preto (SP), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA), além de um voo regular internacional para Buenos Aires, na Argentina, que opera uma vez por semana e um voo charter para Lisboa, em Portugal, que opera duas vezes ao ano.

 






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.