Anterior

PELOPES prende homem que ameaçou companheira em Santana do Ipanema

11/01/2021

Anterior

Próxima

CISP prende homem que estuprou criança e adolescente em Batalha

11/01/2021

Próxima
11/01/2021 - 11:14
Defensor público instaura procedimento para apurar incêndio em torre de Santana do Ipanema

Operadoras Claro, Oi, Tim e Vivo têm até esta segunda-feira (11) para dar uma explicação.
Por: Redação Sertão na Hora
 Foto: Cortesia/Sertão na Hora - Paulo Soares 9º GPBM 

O defensor público João Augusto Sinhorin, instaurou um procedimento para apurar o incêndio registrado em 27 de dezembro, na torre localizada na Serra da Microondas, em Santana do Ipanema.

Em entrevista concedida com exclusividade ao repórter André Henrique, da Rário Correio do Sertão, o defensor deu um prazo até esta segunda-feira (11) para obter um retorno das quatro operadoras CLARO, OI, TIM e VIVO. Segundo João Augusto, um procedimento foi instaurado para apurar as razões do incêndio na torre e as providências que estão sendo tomadas pelas empresas.

"Caso não me respondam ou pela resposta deles eu entenda que as providências que estão sendo tomadas são insuficientes, ainda na semana ingressarei com uma ação civil pública na justiça contra as 4 operadoras para que recuperem o sinal de telefonia em Santana do Ipanema", disse João Augusto Sinhorin.






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.